Lia Drumond

É só um blog…

O que segue…

leave a comment »

Ele veio correndo
Mas ao chegar se mostrou cansado
Correu muito pra chegar aqui
Por que queria ver você
Te mostrar as coisas que lhe trouxe
Ajudar a sua vida
Torná-la menos dura, menos selvagem
Quis aumentar seu tempo livre
Para você poder evoluir
Para você aprender coisas novas
Para você filosofar…
Mas quando te viu, ele se cansou
Pois todo seu trabalho foi em vão
Você não se ajudou também
É avarento, egoísta e burro
Nao soube dar valor para seu tempo
Apenas ao que é imagem
E ele, abstrato, se sentiu traído
Ele te abanonou e não vai voltar
Porque percebeu que neste mundo
Te trazer o futuro, nao é o mesmo
Que te trazer a evolução iluminada
E por você não ter aprendido nada
Vive na segura ignorância
Vive a fé em outra coisa, ou sem fé
Nem vive, na verdade nem existe
Efêmero e patético
Ele não se orgulha do que lhe fez
Porque não foi bom pro todo
Apenas pra você e seu enorme ego
E o resto continua morrendo
E você nem percebe
Quando percebe, nem sofre…

Written by Lia Drumond

março 29, 2006 às 15:46

Publicado em Versos

Tagged with

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: