Lia Drumond

É só um blog…

Castrar ou não castrar, eis a questão.

with 4 comments

Não sei se é por sadismo ou por que é quando os veterinários ganham mais dinheiro, mas A MAIORIA dos vets recomendam que você castre seu bichano assim que ele complete 6 meses de vida. Eu acho isso uma crueldade tremenda. Há lendas sobre a castração que eles divulgam na maior cara de pau, como se criadores fossem ignorantes e não observassem o comportamento de seus gatinhos. Uma lenda absurda é que eles ficam mais caseiros, perdem a vontade de sair pra rua. Talvez o bichano fique em casa nas primeiras semanas após a castração, por que a cicatrização deve ser dolorida, mas é da natureza felina explorar e caçar. Não é por que ele não pode se reproduzir que seu comportamento muda tanto assim. Ele não se torna um inútil por que não pode procriar. Um dos efeitos colaterais da castração é a obesidade. A maioria dos bichanos que não podem dar umazinha acabam engordando horrores. E para isso não é preciso muita explicação, tá na cara o motivo. Essa obesidade leva o gato a ser um sujeito preguiçoso, sem graça, sem ânimo. Parece que só está esperando morrer, por que não tem vontade de fazer mais nada….

Conto esses efeitos da castração por que minha Raiona já está com mais de 6 meses, já domina telhados e a rua toda. Está linda, gorda, saudável. Aí foi levada ao veterinário para tomar mais uma vacina e ele já recomendou a castração da coitadinha. Eu fui taxativa: só vou castrar depois que ela der uma cria. E vem sempre a mesma pergunta esperta: o que você vai fazer com os filhotes? Oras… vou assar e comer, claro! Que absurdo… Se eu crio gatos desde os 12 anos de idade, sempre deixei as gatas darem uma cria, será que eu não aprendi o que fazer com os filhotes? Vou arrumar donos pra eles, doá-los. Assim como adotei a Raiona, existem outras pessoas que gostariam de adotar um bichano. Não é tão difícil… Difícil é negar a natureza e transformar um animal num bichinho de estimação apenas, esquecendo-se de quem ele realmente é.

Written by Lia Drumond

agosto 8, 2006 às 10:39

Publicado em Bichanos

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Prezada Lia,

    também era contra a esterilização e a castração de gatas (os), por considerar isto uma interferência no “curso das coisas”. No entanto, no caso dos machos, a não castração significa, muitas vezes, condenar o bichinho a uma vida curta constituída de brigas e de uma morte violenta e prematura, e, no caso das fêmeas, a produção de uma ninhada atrás da outra.

    Hoje tenho 5 gatos, resp.: 2 machos e 3 fêmeas, castrados e esterilizadas e tenho que concluir que foi melhor: a qualidade de vida dos bichinhos é outra…

    Um abraço ailurófilo
    do seu colega de fórum Luciano Pires
    Hans A. Hein

    P.S.: parabéns pelo blog, muito bom, quando a discussão política no fórum estiver enchendo venho, com sua autorização, refugiar-me aqui…

    Hans A. Hein

    agosto 22, 2007 at 14:23

  2. Lia, desculpe mas nao concordo om vc. tenho 8 gatos, 3 machos e 5 femeas, todos castrados, saudaveis, brincalhoes e nao sao obesos, porque eu controlo a quantidade de ração. um animal castrado tem uma espectativa de vida maior!!! E para pessoas q nao tem espaço para filhotes ou nao podem cuidar, a castração é uma ótima opção. E tb eles não estarão tão susceptíveis às doenças. Essa é a minha opinião.

    Carla

    julho 1, 2008 at 16:46

  3. Quero saber se a gata castrada continua a entrar no cio.

    Erica

    agosto 20, 2008 at 15:50

  4. Bom, no cio acho qe não. Mas já tive gata castrada que adorava dar umazinha… Acho que quando é castrada depois de experimentar o babado, elas não esquecem…

    Lia Drumond

    agosto 20, 2008 at 16:48


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: