Lia Drumond

É só um blog…

Sem Limite

with one comment

Uso sarcasmo para me proteger
Sou cínica quando a situação me parece absurda
É irreal idealizar a perfeição
A maior dádiva e conquista que se pode almejar é a felicidade
Não, eu não quero nada além disso
Seja feliz e me deixe ser feliz em paz
Não guardo rancor ou mágoa
Não desejo desgraça para quem quer que seja
Não estou limitada à uma vida que não me diz respeito
Apenas preservo minha dignidade
Prefiro nem saber
Quando não confio, não expresso minha opinião
Não me divirto com o caos
Aprecio a paz e a liberdade acima de tudo
A minha e a sua paz
A minha e a sua liberdade
Onde termina o meu espaço, começa o seu
E vice-versa, não é?
Reciprocidade é premissa obrigatória para respeito
Onde quer que eu esteja
Não importa o que eu faça
Eu acredito que quem respeita
Não está limitado ao julgamento alheio

Written by Lia Drumond

outubro 30, 2006 às 11:56

Publicado em Versos

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. Se todos fossem, no mundo, iguais à você; que maravilha seria viver!

    Carlos

    outubro 31, 2006 at 15:08


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: