Lia Drumond

É só um blog…

Angústia do que será

leave a comment »

Acabo de fazê-lo dormir… E me dei conta que ele cabe em meus braços ainda. Um dia, quando ele estiver grande, vou sentir TANTA saudade dessa época… Só de pensar nisso, dá um nó na garganta. Mas é inevitável, ele crescerá. Logo não será mais m bebê, será um menino, um rapaz, um homem. E eu sempre serei sua mãe. Será que eu sempre o verei como um bebê? Será que saberei respeitar o homem que ele será um dia? Ou será que o desespero da saudade, dos remorsos e arrependimentos por tudo que farei e não farei para ele vão me deixar amarga, triste? Que tipo de mãe eu sou? Bom, como dizem que só muda o endereço, acabo de reler isso e constatar que, assim como minha madrezita, estou sofrendo por antecipação. Vai ver que essa é uma das condições naturais de humor materno: a angústia do que será…

Acho que é essa angústia, esse medo, que nos transforma de moças valentes (ou tímidas mocinhas) em heróinas implacáveis, leoas… RRRRrrruuuAAARRRRR

Written by Lia Drumond

junho 26, 2007 às 21:59

Publicado em Maternidade

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: