Lia Drumond

É só um blog…

Despedido

with 4 comments

– Você está demitido!

– Foda-se. Esse emprego era uma merda, você é um cuzão, sua mulher fede, seus filhos são retardaods que brincam de gerenciar. Você merece afundar nesse antro de merda.

– Você enlouqueceu, Palhares?

– Não, estou mais lúcido que nunca. Só esperava você me demitir para dizer tudo isso. Afinal, não quero perder nenhum centavo dos meus benefícios e tem mais: tenho provas de exploração de funcionários, assédio sexual e sonegação de impostos cometidos pelo senhor sua família-quadrilha. É bom eu receber muito bem, ou vai todo mundo preso nessa bosta!

– Você não está falando sério! Não há provas do que não existe… Você está blefando!

– Quer pagar pra ver, seu filho da puta? Então tudo bem. Eu vou acabar com você e com essa empresa de merda. 12 anos! 12 anos nessa merda, trabalhando como um vendedor de lixo, nunca recebi nem um aumento de salário digno nesse tempo todo. A cesta de Natal da empresa é uma miséria, não temos plano de saúde, só gozamos uma folga por semana, não emendamos feriado, trabalhamos até nas vésperas de Natal e Reveillon. Você merece se foder muito. Não vai ter dinheiro que pague a satisfação que eu vou sentir por saber que você está longe da sua casa em Angra, longe dos seus 4 carros importados, longe de suas viagens em cruzeiros nas férias…

– Você não vai fazer isso. Sabe por que? Por que essa arma está carregada e, contra a força, não há resistência…

Written by Lia Drumond

dezembro 11, 2007 às 11:10

Publicado em Contos

4 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Só quero dizer que sempre pensei em escrever algo sobre alguém chamado Palhares. Não sei por que, mas acho esse nome muito cômico!

    Lia Drumond

    dezembro 11, 2007 at 17:33

  2. Adorei o conto!

    “Atira filho da puta! Eu morro aqui e você vai apodrecer na cadeira. Quando procurarem provas vão achar essa tua vida fodida e sem escrúpulos e você vai tomar no cu bonitinho…”

    hehe

    bic azul

    dezembro 12, 2007 at 16:06

  3. E eu que pensava,que esse conto seria algo cômico… Acho interessante essas reviravoltas que o texto dá.
    Você escreve bem bem… Parabéns senhorita.
    Até mais ver

    Khronos

    dezembro 15, 2007 at 10:35

  4. Fico muito contente que tenha gostado mocinha.
    Meus beijos

    Khronos

    dezembro 16, 2007 at 12:37


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: