Lia Drumond

É só um blog…

O primeiro ano de vida

with 5 comments

Menos de um mês para meu filhote completar seu primeiro aniversário. Passou voando. Ele engatinha, sobe escadas numa velocidade incrível, balbucia palavras, canta, dá birra. É um bebê muito especial e não é só por que sou uma hiper coruja. Ele tem um jeitinho muito carinhoso, com todos. Não estranha as pessoas, vai no colo de qualquer um e faz festinha. Faz uma careta linda, franzindo o narizinho quando diz “nenê”. Já está nadando como um peixinho, sente-se em casa quando está na água. Todo mundo na natação o adora. Ele é calmo, generoso. Divide os brinquedos, não machuca as outras crianças, não é chorão. Ele é uma benção.

Lembro da gravidez. Me apavoravam com frases do tipo: “Nunca mais você vai dormir direito!” – e ele dorme como um anjo das 8 da noite às 6 da manhâ, sem interrupções, desde os 4 meses; “Você nunca mais vai ter sossego!” – e ele é um companheiro de leitura, de internet, de bagunça. Eu não tenho do que reclamar. Nesse quase um ano, ele nunca adoeceu, nunca se feriu, nunca deu trabalho de verdade. Apenas uma doce rotina foi incluída na minha vida desregrada.

É uma delícia ser mãe do Américo. Eu sou privilegiada. Dá uma sensação de receio pensar em ter mais um filho. Outra criança não será como ele. Talvez seja o oposto, daquelas que têm a pá virada. Mas eu quero muito dar um(a) irmãozinho(zinha) pra ele. Quero que ele tenha com quem brincar, com quem brigar, alguém para ser sua família quando eu e seu pai não estivermos mais nesse mundo. Esse primeiro ano de vida dele me ajudou a crescer de verdade. Agora eu sou muito grande, sou gente grande. E sou muito grata. Obrigada, Américo. Você fez de mim uma mulher, mãe. Você me ilumina os pensamentos, me encoraja a lutar e inspira vencer. Sua festinha, eu faço questão de preparar tudo, cada coisa, escolher cada detalhe. Você merece tudo, meu filho.

dsc09360.JPG

Written by Lia Drumond

janeiro 15, 2008 às 14:28

Publicado em Maternidade

5 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Ih, esse aí vai ser dos mimados…🙂

    Diego

    janeiro 15, 2008 at 20:38

  2. Lia, eu tenho três filhos (dois homens e uma menina). Tenho muita saudade do tempo em que eram bebês e criancinhas, depois adolescentes. Do tempo de buscar na escola, dos aniversários, dos Natais, e até das famosas “reuniões de pais”… É uma época boa, que deve ser aproveitada ao máximo com eles. Como eu gostava (gosto ainda) de filmar e fotografar, já viu, não é? Milhares de fotos e dezenas de metros de filmetes. Já escrevi demais.
    Um abraço, bom dia.

    Adelino

    janeiro 16, 2008 at 6:04

  3. Quase me esquecia: parabéns pelo seu lindo menino, o Américo.
    Tudo de bom para você e família.
    Abraços

    Adelino

    janeiro 16, 2008 at 6:07

  4. Parabéns pelo lindo texto!
    Se o filho é bonzinho, feliz e generoso, é porque tem o exemplo em casa!
    O exemplo vem de cima!
    O fruto não cai longe do pé!
    Ps: Linda frase ao agradecer seu filho!
    Ps3: Esta adicionada nos favoritos do ENTB!
    Ps1.764: Você tem banner!?

    Kid_Limão

    janeiro 16, 2008 at 12:31

  5. Adoro visitar aqui de vez em quando, você escreve bem, gostoso de ler! Adorei seu texto, no fim eu dei até uma amolecida, sou chorona, rs. Não vejo a hora de ter os meus filhotes, mas tenho vários medos e poréns… bem, parabéns pelo Américo, que é um doce, e parabéns pela mãe que você é!

    Bjaum!

    Guaci

    janeiro 17, 2008 at 11:58


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: