Lia Drumond

É só um blog…

A diferença entre brigar e lutar

with 10 comments

Certo dia, Fefê discordou da opinião de Lalá num fórum e investigou de leve sobre o mesmo. Fefê descobriu que Lalá se tratava de uma pessoa educada numa renomada instituição onde apenas pessoas ricas frequentavam, que era de tal religião e tinha passado por  dois divórcios, sem filhos. Fefê resolveu escrever uma resposta no fórum que, em vez de expressar argumentos contrários à opinião de Lalá, sobre o assunto do qual discordara, lançou comentários jocosos sobre a vida de Lalá como forma de justificar a ‘errônea’ opinião do mesmo.

Lalá ficou puto da vida quando leu o que o Fefê tinha dito sobre o que ele escrevera e, principalmente, sobre os motivos que o fizeram escrever aquilo. Achou um absurdo o Fefê divulgar que ele defendia a causa por ser de tal religião e não ter filhos. Lalá resolveu investigar um pouco sobre o Fefê e descobriu que era um homem de estatura baixa e que sempre usara bigode, casado pela segunda vez e que tinha três filhos, se dizia agnóstico e gostava de escrever para falar mal sobre eventos sociais. Lalá resolveu que escreveria algo contra a opinião de Fefê, mas acabou embasando sua escrita em argumentos tão baixos quanto os de Fefê, dizendo que este tinha complexo de inferioridade e vivia no caos da rotina de classe média que só poderia fomentar mediocridades.

Fefê quase comeu os pentelhos do rabo tanta era a raiva que sentia quando leu o que o Lalá escrevera sobre o fato de ele ter discordado de sua opinião. Tomou-o então por inimigo pessoal, mesmo sem nunca terem falado pessoalmente. Fefê resolveu investigar e acompanhar o que Lalá fazia e atacá-lo sempre que via uma oportunidade. Lalá, por sua vez, fazia o mesmo e ambos sentiam muita raiva mesmo um do outro, metiam o pau para os amigos e estes colocavam lenha na fogueira afinal, no dos outros, é refresco…

O artigo inicial sobre o qual discordaram foi esquecido. Por princípio, um passou a discordar do outro sobre tudo, de maneira irracional, só para ter um motivo para ataque e os argumentos apresentados para as opiniões divergentes sempre eram embasados nas particularidades das pessoas, raramente em fatos.  Um espetáculo circense para quem admira a violência gratuita, a intolerância, o mundo cão. E seguiram por anos assim, ridículos, sem nunca se conhecerem de verdade, se atacando como cães que não sabem conversar e tão mergulhados na vaidade que me cansaram de escrever esse conto… Quero é que Fefê e Lalá se fodam. A diferença entre brigar e lutar é que briga é por qualquer coisa, a luta sempre é por algo.

Written by Lia Drumond

julho 1, 2010 às 21:19

Publicado em Contos

Tagged with

10 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Por que será que brigar dá tanto prazer né?

    Raul Dragão

    julho 2, 2010 at 10:02

  2. tá bom lalá, já q o máximo q eu consigo extrair de vc é um eterna tentativa de dizer algo significante (algo que sua limitação de formação intelectual não permite) e vc não consegue, aposentarei fefê…

    até pq ser tão relevante na vida de uma pessoa cuja única diversão q me causa é dar trela para minhas provocações é muito low life, admito!

    mas assumo q minha vida é low life, a vida em si é! e isso se confirma ao encontrarmos pessoas como vc…

    pararei com tudo, já não mais me apetece isso

    Abraços,

    Felipe Fortes

    tudo bem eu paro

    julho 4, 2010 at 1:07

  3. Adorei!!!

    Ainda bem que as pessoas PARAM e pensam, ou acham que pensam…

    Lili

    julho 5, 2010 at 15:24

  4. bom eu achei muito imteresante.

    thawany

    abril 4, 2011 at 16:02

  5. bom isso fala uma historia otima.

    thawany

    abril 4, 2011 at 16:47

  6. Meu q merda nao achei nada de resposta e qm foi o idiota q inventou essa merda de site
    vai tomar no cu q ensinar mais nao consegue so perdi meu tempo lendo essa merda
    q sacooooooo
    :@

    Guilherme

    julho 7, 2011 at 14:26

  7. ei, foda-se…

    Lia Drumond

    julho 12, 2011 at 9:18

  8. que bom eu estava precisando tive que fazer uma redaçao

    dayaane

    outubro 29, 2011 at 17:03

  9. perdii meuu tempoo ledoo essa porra q nao fala nada…LUIZ

    luiz

    novembro 1, 2011 at 19:21

  10. Essa resposta foi útil para mim

    honorina mamani flores

    junho 4, 2012 at 15:53


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: