Lia Drumond

É só um blog…

Pobrezinho(a)

with one comment

Coitado(a) daquele(a) moço(a)… Ele(a) é carente, pode crer. Ele(a) cansou de gostar deles(as), de filhos dos outros, de seus filhos, de seus bichos, de qualquer coisa. Ele(a) cansou de nunca receber o mesmo em troca, pois esperava recompensas por seus sentimentos. Esperava devoção, admiração, gratidão, obediência, compreensão, alento… e isso tudo significaria que também estava sendo amado(a). Pobre diabo(a)! O(A) coitado(a) esqueceu de se amar primeiro, então tentava achar o amor ali, no outro. Esqueceu de se admirar, esperava que os outros o(a) admirassem, nunca tentou se conhecer e se compreender, mas julgava cruéis os que não o(a) entendiam. Sua sensibilidade para com a própria condição era tocante, não via mais nada além de si. Mas não, ele(a) achava que não. Se achava um(a) mártir do altruísmo, que nunca pensava em si e se doava totalmente para o bem-estar dos outros. Pobrezinho(a)… Mal sabia ele(a) que isso era desnecessário, que os outros não dependiam dele(a) como gostaria de acreditar, nem passava pela sua idéia que não era uma pessoa insubstituível, afinal ninguém é. E vivia sendo substituído(a), ou sendo o(a) substituto(a) de alguém. Nunca tentou se apaixonar por si mesmo(a), cuidar das próprias feridas em vez de tratar as alheias por migalhas de atenção, nunca se questionou sobre de quem era o controle de sua própria vida. Nesse ponto, sua vida era comandada pelo desejo e, como sabemos (ou deveríamos), o desejo é a fonte de toda a dor. E, mesmo só tendo tristes episódios  em sua vida, ele(a) insistia nesse modelo doente de se relacionar apenas com os outros, nunca consigo mesmo(a)…

Written by Lia Drumond

setembro 11, 2010 às 18:16

Publicado em Contos

Tagged with

Uma resposta

Subscribe to comments with RSS.

  1. É aquela coisa. Não é que as pessoas não consigam ficar sozinhas, elas não conseguem ficar consigo mesmas…

    Milena

    setembro 15, 2010 at 9:12


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: